sexta-feira, 28 de abril de 2017

Sumiço confuso

Estou no último ano do colégio. O futuro até que já não me assusta tanto mais - quero apenas terminar logo e me mudar. Pretendo terminar logo os melhores e piores meses da minha vida e só seguir em frente com memórias boas das pessoas que eu encontrei durante esse processo da minha vida.

Em julho eu tenho a viagem de formatura para Bahia, ou seja, eu preciso estar até lá com pelo menos 50 kg.. Mas já me conformei que eu provavelmente vou gorda assim mesmo, vendo todas as minhas amigas magras de barriga chapada.

Tomei hoje meus primeiros comprimidos de laxante em anos, não sei como me sinto sobre isso. Triste? Gorda? Desmotivada?

Peso de sempre, as vezes mais, nunca menos.. 55,5 kg.

Como emagrecer 55 kg em menos de 3 meses? Google, pesquisar.

domingo, 15 de janeiro de 2017

Virose? 2017? Amor?

Tudo na minha vida no momento parece um eterno "?"
Além de tudo, estou me sentindo doente fazem uns 3 dias, sem conseguir sair da cama para nada. Me recusei a ir no médico para não tomar soro, o que só me faria inchar ainda mais.
Parei de tomar o anticoncepcional, só sentia que me inchava mais e mais, me engordava, deixava meus peitos doloridos (ao ponto de chorar, sério)..

2017 para mim já começou errado, desde o dia 1 eu já sentia que esse ano não vai ser meu ano. Meus amigos tentaram me animar, e eu pensei "olha, vou me manter mais positiva, quem sabe o universo conspira" e conspirou.. Com uma virose e o ano mal tem 15 dias.

O bom é que dessa história toda, eu emagreci (falta de vontade de comer, falta de vontade de fazer qualquer coisa, comer e colocar tudo pra fora) e desinchei. Comecei uma dieta rica em proteína e voltei para a academia, se eu não fazer por mim, ninguém vai.

Minha mãe entrou no quarto e me viu chorando, ficou preocupada comigo e disse que era "depressão da dieta" brincando (o que não seria de todo mal se isso existisse, pq estou odiando essa dieta com todas as minhas forças!!!!!!!).

A saudades dele ainda dói, a saudades ainda fecha minha garganta e me faz não ter vontade de fazer mais nada.

Peso atual: 55,5

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Me amas primeiro

Eu não consigo ser de ninguém
Talvez certas pessoas apenas nasceram para serem sozinhas..

Estou passando por uma fase em que eu não sei bem ao certo o que estou sentindo, terminei com o Fe após 4 meses de namoro e 8 meses em que já estávamos "juntos", pouco tempo mas o suficiente para me apegar e ser de longe o maior tempo que eu fiquei com alguém.
Eu não sei como me sinto, foram meses maravilhosos que eu não me arrependo, mas acho que tudo no final acaba.. Ainda estou muito confusa em relação a tudo, aos meus sentimentos, aos sentimentos dele.. Dói vê-lo todos os dias e não poder abraçar, sinto falta da forma como ele me olhava e fazia parecer como nada mais importava, a forma como as veias da sua palma da mão saltavam e ele se arrepiava com o meu toque.. Como se o corpo dele inteiro respondesse ao meu. Mas ainda sinto que preciso da minha liberdade, preciso de alguém que esteja disposto a aguentar minha carga também e, principalmente - eu preciso me amar primeiro para deixar outra pessoa me amar.
Talvez a tequila cure o porre de amor que eu estou tomando.


Eu queria te pedir, sei lá, em casamento — que forma mais sutil de começar uma conversa, né? — mas, não, eu não vim aqui te pedir em casamento… só se você quiser. Aí você me avisa que eu vou correndo programar tudo. Desço de paraquedas na sua frente, com as alianças no bolso, cantando “Amor I Love You” e com um cartaz escrito: casa comigo, amor da minha vida? Você vai me olhar e dizer: “Você é muito maluquinha, tenho medo.” Mas você vai rir da minha maluquice, eu sei, — como tá rindo agora de tudo isso que eu to falando — e quando você sorrir, vou perceber que valeu a pena ser meio maluca, porque, no fim das contas, a ideia principal é te fazer sorrir, mesmo que não tenha casamento, mesmo que não tenha nada, só precisa ter você (é a única exigência). A proposta de casamento foi só pra você ver que eu poderia te pedir muitas outras coisas além do que eu vou te pedir agora.
Sei que isso não são horas. Desculpa te acordar assim no meio da madrugada, mas é que eu precisei vir aqui só pra ouvir você dizer que eu nunca vou te perder… Me diz, vai, que eu posso te deixar livre, como quiser, porque eu posso ter a certeza de que, cedo ou tarde, você vai sempre voltar — Não é? — Me abraça, me beija, cala essa minha aflição e amansa esse meu coração que vive perdendo a razão com medo de te perder.  Me perdoa, me ensina a gostar de você. Me peça o que você quiser, mas, me deixa eu te pedir só uma coisa: Promete não desistir de mim? Olha aqui e me diz, por favor, que vai ser sempre assim, exatamente do jeitinho que você é. Insiste em aceitar a minha loucura, como aceitou até hoje, e deixa eu te mostrar que, independente de qualquer coisa, igual a mim, ninguém nunca vai te amar.
Eu sei que nem tudo é como eu quero. Mas você, incrivelmente, é como eu sempre quis e, por mais que às vezes não pareça, tudo o que eu te faço é pra tentar te fazer feliz.

Credito: http://nathaliamantovani.com.br/promete-nao-desistir-de-mim-2/

Acredito que acontecerá o que tiver de acontecer e nada vai mudar isso.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Novos blogs?

Hoje eu percebi que muitos dos blogs que eu costumava seguir e ler as postagens, também já não postam mais. Em partes, fico feliz de ver que eu não fui a unica que sumi nos últimos meses.

Bom, espero que todas estejam bem, onde quer que estejam. Quero passar a visitar mais o blog de vocês, então deixem um recado nos comentários <3

domingo, 8 de janeiro de 2017

Mãe, me enxerga!

Passei a última semana na praia e voltei com um ótimo humor, e apesar da comilança das ultimas semanas (natal, ano novo e praia) eu estava ok, motivada a voltar pra dieta.
Até que eu cheguei em casa e já começou a discussão com a minha mãe, que insiste em jogar na minha cara como eu não consigo levar uma dieta pra frente.

Ela simplesmente não enxerga como eu não me sinto bem comigo mesma, não enxerga como eu preciso de ajuda. Enquanto isso eu só vou me afundando.


Eu só queria me sentir bem comigo mesma, eu só queria colocar a mão nas minhas costas ou na minha barriga e não sentir toda aquela gordura. Ir pra praia apesar de ter sido relaxante foi ainda pior quando eu percebi como todo mundo parece magra e eu não era pra estar ali, é vergonhoso sair de casa sendo gorda.


Engordei, claro. Peso: 57 kg. 

Quero até o carnaval está pesando pelo menos 53 kg, vou parar de comer e voltar a tomar remédios. Chega de tentar fazer dieta (que como diz minha mãe, eu não levo pra frente).

domingo, 1 de janeiro de 2017

O que fazer para aprimorar a si mesmo?

O que fazer quando se quer tirar os demônios da sua cabeça, ser uma pessoa melhor, que se ama e se valoriza. Como se alcança isso?

Olá 2017. 

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

De onde eu comecei

Hoje eu estava na academia e comecei a ter um surto de pensamentos sobre como eu nunca vou emagrecer, engoli as lágrimas que já se formavam nos meus olhos na hora e continuei meu treino. Chegando em casa, fui tomar banho e chorei tanto que eu já nem sabia mais pelo o que eu estava chorando, se era pela minha mãe brigando comigo, se era pelo término de namoro, se era por mim, se era pelo meu peso. Talvez foi tudo misturado, talvez não foi nada disso.

Eu não sei explicar a baixa auto-estima que só piora a cada dia, essa vontade de colocar a comida toda pra fora, esses pensamentos incessantes que me rondam.



Nos últimos tempos, tudo parecia certo comigo.. Eu já não me importava mais em ficar pesando, pensamentos com parar de comer já não faziam mais parte de mim.. Mas a cada dia eu pareço voltar para onde eu comecei, eu quero me amar, eu realmente quero - mas eu não consigo.